Reviravolta no caso Neymar: Justiça pede acesso as 3 investigações que envolvem o jogador

5815

O caso de Neymar e Najila ainda continua e a justiça pediu aos Policiais Civis de Rio de Janeiro e São Paulo que enviassem todas as referências para à Vara da Região Sul de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, nas diligências do suposto estupro, da hipótese de furto ao apartamento onde ela morava e da pulgação das fotos íntimas onde o jogador fez nas redes sociais.

A pretensão da justiça foi dia 12 de julho na resolução que concedeu 30 dias ou mais de prazo para averiguarem o estupro que verifica-se na 6ª Delegacia da Mulher. Tudo ainda ocorre em sigilo e as causas que trouxeram o pedido de acesso aos inquéritos policias não foram apresentados.  Os laudos que a Polícia Científica estabeleceu, também não teve consequências ainda.

- Anúncios -

Veja mais artigos do nosso portal: